< Voltar

Sucessos cinematográficos: imóveis de filmes que já estiveram à venda

Casas de cinema procuradas por compradores

 

Para os amantes de cinema e de arquitetura, um dos elementos mais marcantes em um filme é o espaço em que se passa. É muito comum, inclusive, que o espectador estabeleça relações diretas entre os personagens – ou até mesmo o enredo – e os ambientes, por exemplo.

Quem nunca se esqueceu do nome de um filme e tentou resgatá-lo em outras de suas particularidades? Alguns pensam na trilha sonora, outros em frases de impacto, muitos nas casas ou demais espaços presentes na obra.

A comédia romântica norte-americana O Amor Não Tira Férias é um desses casos. Em cenário natalino, as protagonistas passam por mudanças de vidas devido ao intercâmbio de suas casas. É a partir dessa troca que a trama se desenvolve, sendo quase que natural associar seu enredo às características de cada imóvel, bem como às de cada personagem.

Mansão do “Curtindo a Vida Adoidado”

A casa de um dos maiores clássicos dos anos 80, em Highland Park, na cidade de Chicago, Illinois, EUA, foi vendida após 5 anos no mercado. Planejada pelo arquiteto James Speyer, em 1953, o imóvel de vidro conta com estrutura moderna e foi vendido pela metade do valor de quando foi colocada à venda.

Casa de “Feitiço da Lua”

Em uma zona residencial do bairro Brooklyn Heights, em Nova Iorque, com vista para Manhattan, a casa da família da protagonista foi vendida após dois anos no mercado, em 2008. Com 386 m² e quatro andares, o imóvel foi vendido pelo arquiteto Edward Rullman e por sua esposa. A casa foi adquirida em 1959 e colocada à venda em 2006.

Casa de “Esqueceram de Mim”

Com três andares que serviram de cenário para um dos filmes mais lembrados no Natal, a casa de “Esqueceram de Mim” foi vendida em 2012, depois de quase um ano de negociações. A residência dos McCallister, após 30 anos com a mesma decoração, passou por uma reforma geral, mas manteve a maior parte de sua arquitetura preservada.

 

De acordo com a Interiors, revista online dedicada ao cinema e à arquitetura, os espaços interiores presentes no filme eram compostos por cores quentes que remetiam à sensação natalina, além de enfatizar o tema central da obra: a ausência da família do protagonista. Esses fatores deram mais força a aspectos do filme referentes à casa e à sua relação com o personagem.

Mansão de “O Poderoso Chefão”

Localizada no bairro nobre de Los Angeles, Beverly Hills, na Califórnia, a residência de quase 30 mil m² foi novamente colocada à venda no setor imobiliário norte-americano. A propriedade de 24 quartos foi usada, também, em outro longa clássico do cinema: “O Guarda-Costas” (1999).

A casa foi projetada pelo renomado arquiteto Gordon Kaufmann, responsável por projetos marcantes como o prédio do Los Angeles Times e o Honner Damn. Com sua conclusão na década de 1920, apresenta tetos esculpidos e abobadados, paredes detalhadas e repletas de painéis, além de um design com escadarias, varandas amplas e espelhos d’água.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira a nossa matéria “Casas de cinema”!

ARTIGOS
RELACIONADOS

Conheça alguns projetos criados por arquitetos para sua própria residência, como a Casa de Vidro de Lina Bo Bardi e a Casa das Canoas de Niemeyer   Quando arquitetos constroem casas para si mesmos, será que eles trabalham de maneira diferente, talvez com mais liberdade para experimentações? No Brasil, temos…

Um resumo do que aconteceu no maior evento de design e decoração, que trouxe destaques incríveis em suas diversas criações   O Salão do Móvel de Milão é um evento referência do setor mobiliário, de design e de decoração. A feira, que teve seu início em 1961, ocorreu neste ano…

Um estilo típico do litoral, essa arquitetura se destaca pelos materiais orgânicos e integração com a natureza   O termo “caiçara” tem sua origem no tupi caá-içara, que denominava as estacas colocadas em torno das aldeias indígenas. Ele normalmente é utilizado para se referir aos habitantes tradicionais do litoral Sudeste…

Mantendo o charme dos prédios icônicos, o bairro se destaca por apartamentos que podem ser retrofitados para ganhar um ar moderno e atender às necessidades contemporâneas   Na realidade contemporânea, temos buscado constantemente soluções que sejam, ao mesmo tempo, inteligentes e sustentáveis. Nesse sentido, o retrofit tende a se tornar…

Na região dos Jardins, apartamentos em prédios clássicos têm sido retrofitados para se adaptarem às necessidades modernas   A arquitetura residencial tende a se adaptar aos conceitos de moradia de cada época. Nos Jardins, uma das áreas mais cobiçadas de São Paulo, a região onde há predominância de apartamentos tem…

Com mais de 40 anos de carreira, arquiteto brasileiro atua também como cenógrafo, designer de mobiliário e cineasta   Nascido no ano de 1952, o arquiteto Isay Weinfeld é formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e ficou reconhecido no Brasil pelos seus grandes projetos de arquitetura. O profissional mantém seu escritório…

Como elemento funcional ou decorativo, o tijolinho é uma tendência que está sempre em alta na arquitetura   O tijolo é um material que não parece sair de voga nunca. Na arquitetura contemporânea, tem lugar cativo em projetos que buscam personalidade, com um aconchego rústico, mas ao mesmo tempo sofisticado….