< Voltar

Quiet Luxury: conceito que veio para ficar

Movimento que perpassa o mercado imobiliário, a moda e o mundo do design

 

O quiet luxury se configura como uma espécie de reflexo da crise mundial, da inflação e de pós pandemia. O termo ganha destaque a partir do comportamento das pessoas em buscar investir em peças úteis e com durabilidade, sem deixar aparente o quanto foi gasto naqueles itens.

Ostentar vem sendo um comportamento cada vez mais evitado. Com a tradução de luxo silencioso, o termo descreve o consumo com um viés mais discreto, evitando a aderência de itens de grifes ou com marcas estampadas. No entanto, isso não tem relação alguma com o que de fato foi investido naquela peça, mas, sim, com o “exibir” o quanto foi gasto.

De acordo com Valéria Brandini, antropóloga especialista em consumo de luxo no Brasil, “existem marcadores sociais de consumo. Eles são materiais e imateriais. Os materiais o dinheiro até pode comprar, mas esses imateriais apenas quem já faz parte daqueles grupos consegue compreender”.

Quiet luxury e Recession Core

Ambas tendências compartilham a mesma origem: a recessão econômica mundial. Sofia Martellini, especialista em tendências de moda da WGSN, diz que tanto o quiet luxury como o recession core saem do mesmo contexto socioeconômico de crise, desdobrando-se de formas esteticamente similares, mas conversam com diferentes públicos, sendo o do primeiro o consumidor de mercado de luxo.

Afastando-se das tendências passadas à logomania, o quiet luxury preza pela alta qualidade, pela sofisticação, pelo intimismo e pela durabilidade.

Quiet luxury: impacto nos imóveis

Quanto à arquitetura e o design dos ambientes, acredita-se que o termo seja traduzido em uma estética mais clean e sóbria e com grande valor de design. Ainda que uma pessoa opte por morar em uma casa muito grande, a principal busca na hora de se pensar na decoração é garantir o conforto, o que a conduzirá a um estilo mais pendente para o minimalismo e para o clássico, com uma paleta de cores mais neutra e serena, por exemplo. Estes aspectos conferem elegância e sofisticação ao empreendimento sem deixar a discrição de lado.

Cobertura no Itaim Bibi
Cobertura no Itaim Bibi

Segundo Ken Fulk, renomado decorador de interiores, o quiet luxury é sobre contenção. Para ele, “não é sobre um estilo ou um look – que pode ser intercalado e ousado como sempre – mas com um foco na qualidade e em fazer valer cada momento. Desde os rituais diários ao mais pequeno detalhe da arquitetura do espaço, é sobre investir no prazer e na beleza do dia-a-dia”.

Apartamento no Jardim América
Apartamento recém reformado no Jardim América

A Vogue, uma das mais importantes publicações do setor da moda, prevê que o quiet luxury é uma tendência que se instalará sem percebermos.

Quer conhecer mais sobre o assunto? Confira a nossa matéria “Tendências de Cores e Design para 2023”!

Tendências de Cores e Design para 2023 – Blog | Esquema Imóveis (esquemaimoveis.com.br)

ARTIGOS
RELACIONADOS

Momentos impactantes da história, como a pandemia do coronavírus, podem fazer com que as pessoas mudem sua forma de agir, trabalhar, se divertir e ver o mundo   Muito se tem afirmado que, após a pandemia do Covid-19, o mundo irá mudar bastante. Mas será que esse tipo de acontecimento…

A confiança para interagir com clientes é uma ferramenta que pode ser aprimorada para criar bons relacionamentos   O caminho que leva a uma venda passa por vários processos, mas ele não pode acontecer sem que dois aspectos essenciais sejam estabelecidos: confiança na comunicação e conexão com o cliente. No…

É possível definir um padrão de consumo apenas por distinções geracionais?   A Geração Z, composta por indivíduos nascidos entre meados dos anos 90 e o início dos anos 2010, é uma das mais estudadas e discutidas nos dias de hoje. Com o rápido avanço da tecnologia e a crescente…

Em meio ao terror da Segunda Guerra Mundial, a jovem Anne Frank colocou no papel seus medos e esperanças. O que podemos aprender com isso?   O ano era 1942. Na Holanda ocupada pelos nazistas, a jovem judia Annelies Marie Frank (Anne Frank) começou a documentar seu dia a dia…

O que muda nas relações profissionais pós-pandemia? Como manter a equipe próxima, mesmo com as medidas de distanciamento?   Depois de mais de dois meses em quarentena, já seria de se esperar que o retorno às atividades presenciais nas empresas trouxesse adaptações. Algo que deve mudar de forma permanente são…

Descubra como o golfe se tornou um esporte em ascensão, com presença crescente em condomínios de campo de São Paulo   O golfe, considerado por muitos como um esporte de elite, tem ganhado cada vez mais adeptos em São Paulo, especialmente entre os que buscam um estilo de vida mais…

O professor e filósofo Emílio Terron fala sobre como podemos encarar os encontros como oportunidades de transformação   Nos dias de hoje, parar um pouco e pensar sobre a vida pode ser algo que poucas pessoas conseguem fazer. No entanto, é a partir das reflexões e dos questionamentos levantados pela…

Você já pensou que sua mãe parece uma personagem de filme?   Aquela história de que “mãe é tudo igual” talvez tenha um fundo de verdade, embora cada filho veja sua mãe como um ser único no mundo. O que provavelmente já aconteceu com quase todas as pessoas é ir…