Economia e Mercado

A reabertura da economia em Portugal

Com o retorno às atividades pós-quarentena na Europa, o país se mostra como um destino interessante e seguro para investir

 

Depois de um período de muita incerteza e ansiedade na Europa, por conta da pandemia do Covid-19, alguns países iniciam suas medidas de relaxamento do isolamento social e retomada das atividades presenciais, buscando também um restabelecimento da economia.

Entre esses países está Portugal, que já caminha para controlar o vírus. Esta semana, o boletim oficial disponibilizado diariamente pelo governo trouxe uma notícia animadora: o país teve o maior número de curados em um dia desde início da pandemia.

Outros países, como a Itália, também buscam uma reabertura gradual de estabelecimentos comerciais, principalmente a partir das próximas semanas. A Dinamarca, por exemplo, já começa a reabrir suas escolas. Enquanto isso, na Espanha, apenas uma parte do país avança na flexibilização da quarentena.

Já a Suécia, que teve suas ações criticadas, por não determinar o isolamento social obrigatório, foi considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um modelo alternativo de política de saúde pública, tendo confiado a auto regulamentação aos seus cidadãos – ou seja, as medidas de controle dependeram da capacidade e vontade dos próprios suecos, em uma espécie de “parceria com a população”.

 

Reabrindo as portas

A Esquema Imóveis tem acompanhado as estratégias de retorno às atividades de nossa parceira em Portugal, para entender um pouco como acontecerá a reabertura gradual dos escritórios nas empresas portuguesas. Levando em consideração colaboradores e clientes, eles são exemplo a seguir no que diz respeito à capacidade de adaptação a essa nova realidade, fazendo uso da colaboração e da tecnologia.

O plano de retorno em Portugal está sendo feito em três fases, de 4 de maio a 1º de junho. A princípio, será autorizada a reabertura de pequenos comércios e serviços de atendimento ao público não concentrados (como salões de beleza e concessionárias), além de livrarias e bibliotecas. Atividades esportivas individuais também serão liberadas nessa fase. Está prevista então a reabertura de restaurantes, cafés, museus, creches e escolas. Por fim, lojas e centros comerciais, cinemas e teatros, além de esportes coletivos, também poderão ter suas atividades normalizadas.

 

Destino atrativo: Oeiras

 

Para quem busca aproveitar as oportunidades que surgiram com a crise para investir em Portugal, um dos locais mais interessantes é Oeiras. Situada em equilíbrio perfeito entre o rio Tejo e o oceano Atlântico, a cidade é considerada uma das mais desenvolvidas, tranquilas e seguras do país.

Além da vista privilegiada, tanto para o rio quanto para o mar, a cidade possui muitos prédios históricos recuperados, em perfeita harmonia com a arquitetura moderna. Parques e jardins também são abundantes na região, oferecendo diversas possibilidades de atividades ao ar livre.

A proximidade de grandes centros, como Lisboa e Cascais, permite fácil acesso a toda uma infraestrutura de comércio, serviços e opções de entretenimento, sem abrir mão da segurança e tranquilidade. Por fim, o parque empresarial e tecnológico conta com empresas multinacionais e escritórios com o que há de mais moderno no mundo.

 

Conheça alguns de nossos imóveis na região de Oeiras, Lisboa e Cascais, em Portugal.

 

Spread the love