Quotidiano

Quotidiano – Dia 54

Oi, diário.

Hoje, tendo recém-completado nossos 50 anos, estamos um pouco reflexivos. “Qual é o sentido de estar vivo se você nem ao menos tenta fazer algo notável?” A frase de John Green, escritor norte-americano, compartilhada recentemente pela @Forbes, traz à tona uma série de questões importantes.

De que maneira estamos usando nossa inteligência emocional para encontrar um equilíbrio e não somente termos produtividade durante a quarentena, mas felicidade e qualidade de vida?

 

 

A inteligência emocional é a habilidade de compreender e administrar nossas próprias emoções e também as das pessoas ao nosso redor. Aqueles que possuem um bom desenvolvimento dessa capacidade sabem o que estão sentindo, o que significam suas emoções e como elas podem afetar os outros.

Foi para falar sobre isso que convidamos Pedro Penido, consultor empresarial e professor na Escola Conquer, para uma live no nosso Instagram. Neste momento, aprender a utilizar essa ferramenta tão incrível da capacidade humana é mais importante do que nunca! Não perca o bate-papo fantástico entre Pedro e nosso CEO Marco Túlio Vilela Lima:

 

 

E, pra fechar bem o dia, durante a live, tivemos uma notícia maravilhosa: a venda de uma casa no Jardim Guedala. Parabéns ao corretor Jeferson Batah, à gerente Telma Gavenas e ao diretor jurídico Rafael Antal! Amanhã teremos um depoimento de Jef, contando um pouco sobre o processo de negociação desse imóvel.

 

Dica do dia

Essa dica é para os amantes da arquitetura e das artes. Como não podemos ir até a França para visitar o Palácio de Versalhes (pelo menos, não muito em breve), vale dar uma conferida na exposição imersiva “Versalhes: O Palácio é Todo Seu”, um lançamento da Google Arts & Culture.

O tour virtual oferece um passeio imersivo pelo famoso palácio, com imagens incríveis em alta resolução e em 3D. São mais de 100 obras de arte (incluindo pinturas, esculturas e objetos), além de ambientes icônicos, como o Quarto do Rei, a Galeria dos Espelhos, a Sala de Coroação e a Casa de Ópera Real.

 

 

Dica Coronavírus

Uma recente pesquisa do Instituto Qualibest traz uma análise super interessante da comida na mesa dos brasileiros, em tempos de pandemia.

Um dos dados mais curiosos, mas que não surpreende, é que 79% das pessoas entrevistadas afirmam que voltarão a comer fora de casa, quando o confinamento acabar. Ou seja, parece que a maioria já está cansada de ter que fazer a própria comida ou pedir delivery.

No entanto, há outra informação relevante: as pessoas começam a prestar mais atenção ao espaço físico onde irão consumir seus alimentos, dando preferência a ambientes amplos e com divisórias, equipados com recursos tecnológicos. Elas consideram interessante:

 

 

E você, como está se alimentando? Quais são os hábitos que pretende manter depois da pandemia?

 

Exclusividades

 

https://www.esquemaimoveis.com.br/imovel/casa-residencial-venda-sao-paulo-jardim-europa-4dormitorios-4suites-8vagas-878m2/EI11890

 

https://www.esquemaimoveis.com.br/imovel/casa-residencial-venda-sao-paulo-cidade-jardim-6dormitorios-6suites-10vagas-2120m2/EI13273

 

https://www.esquemaimoveis.com.br/imovel/casa-de-vila-venda-sao-paulo-moema-3dormitorios-1suite-1vaga-144m2/EI14714

 

https://www.esquemaimoveis.com.br/imovel/casa-em-condominio-venda-sao-paulo-perdizes-3dormitorios-1suite-3vagas-195m2/EI15658

 

Spread the love