< Voltar

Áreas de fruição: tendência no mercado imobiliário

Novos projetos que contemplam áreas de uso público estão ganhando o coração dos paulistanos

 

 

Os Privately Owned Public Spaces, conhecidos como POPS, são espaços públicos de propriedade privada que nasceram da necessidade de áreas de lazer e fruição em regiões urbanas. Trata-se de uma estratégia do poder público em incentivar a criação desses espaços em imóveis privados, tornando-se interessante não apenas para o município no que diz respeito ao planejamento de cidade para as pessoas, mas também para os proprietários dos imóveis disponibilizados.

Isso porque são oferecidos incentivos para as respectivas instalações, como a possibilidade de acréscimo de potencial construtivo ou desconto em taxas, além da outorga onerosa do direito de construir, no Brasil. Às incorporadoras, a estratégia também se mostra vantajosa, uma vez que o potencial construtivo dos projetos aumenta significativamente.

Nova Iorque, pioneira na estratégia, incluiu a permissão e incentivo aos POPS na sua legislação de zoneamento urbano no ano de 1961. Com quase 600 exemplos de espaços públicos de propriedade privada, a cidade passou a influenciar diretamente na consolidação da estratégia no Brasil, que também foi impactado pela mesma implantação em outras grandes cidades adeptas, como Londres e Hong Kong.

POPS no Brasil

Nas terras brasileiras, embora já existissem experiências como o vão do MASP, o incentivo por meio de bônus construtivos e a regulamentação dos POPS começaram a aparecer mais recentemente na legislação urbanística. Aqui, ganharam denominações de “espaços de fruição pública”, pelo Plano Diretor de São Paulo de 2014 e revisão do Plano Diretor do Rio de Janeiro de 2021, ou “gentileza urbana”, pelo Plano Diretor de Belo Horizonte de 2019.

POPS em São Paulo

No Plano Diretor de São Paulo (2014), a Lei de Uso e Ocupação do Solo (2016) coloca os espaços de fruição pública como um grande incentivo ao diálogo entre ambas esferas (pública e privada). Há, no entanto, algumas premissas para que esses projetos sejam implantados, como o acesso irrestrito da população.

Além disso, é de importante destaque que a aplicação do incentivo vale para “centralidades e eixos de estruturação da transformação urbana”. Aqui, ainda que os exemplos de espaços de fruição pública não sejam tão numerosos, percebe-se um encaminhamento maior em direção à regulamentação, o que certamente resultará em maior difusão dessas áreas.

Empreendimentos de alto padrão com áreas de uso público

Com a crescente busca por imóveis de alto padrão e com diferenciais cada vez mais relevantes, surgem projetos de excelência que oferecem não somente o melhor luxo e sofisticação, mas a experiência de lazer, contemplação, vizinhança e cultura. Quanto a isso, destacamos dois empreendimentos singulares que se sobressaem em numerosos sentidos.

 

JK Square ResidenceJK Square

Inspirado na sensação de descoberta e na conexão com a natureza, nasce o projeto JK Square Residence. O empreendimento oferece uma praça que forma o seu porte-cochère com imponentes escadarias e um riacho que serpenteia até um bosque localizado atrás do lobby. Com toda a sua elegância, dispõe de espaços que permitem o uso público e contribuem para o cenário cultural da cidade.

A base da torre residencial e do hotel conta com espaços internos e externos e fachadas que utilizam vidro para maximizar a vista do Parque Ibirapuera e das redondezas, oferecendo uma atmosfera onde a natureza se funde com a vida urbana.

 

 

 

 

 

Praça Lindenberg no Itaim

Praça Lindenberg

Com a arquitetura de Pablo Slemenson, projeto de paisagismo de Benedito Abbud e decoração de João Armentano, O Praça Lindenberg é um empreendimento moderno e sofisticado com inspirações na atmosfera de Nova Iorque. Como ponto de encontro entre dois condomínios independentes, o projeto oferece uma praça de natureza exuberante, unindo a sua elegância e exclusividade ao conceito de uso público.

Em uma cidade cosmopolita como São Paulo, localizado entre dois dos mais importantes parques, o Parque Ibirapuera e o Parque do Povo, além de contar, em seu planejamento, com renomados profissionais, o Praça Lindenberg Itaim é um exemplo único de como unir excelência, exclusividade e o valor de se oferecer, ainda, um dos mais belos espaços de fruição pública.

 

ARTIGOS
RELACIONADOS

A WEHO Residências apresenta um novo modelo de negócio focado no mercado de segundas residências no litoral paulistano   A WEHO traz para o Brasil o conceito de co-propriedade, focado em imóveis para segunda moradia. A proposta ainda é pouco conhecida no nosso país, porém muito utilizada nos Estados Unidos,…

Região de alta concentração de renda, com empreendimentos comerciais e residenciais, o Itaim Bibi tem atraído jovens profissionais e investidores   Inspirados nos Yuppies (abreviação para Young Urban Professional, jovens executivos do mercado financeiro e corporativo norte-americano, em especial da cidade de Nova York), os paulistanos criaram sua própria denominação:…

Desde a prospecção de áreas e a elaboração do projeto até a conclusão das obras, é possível adquirir um lançamento em qualquer uma de suas etapas   Uma das grandes vantagens de comprar um lançamento imobiliário está na possibilidade de investir nele logo no início, em um momento no qual…

A importância do conceito para as imobiliárias   Entender o perfil do público é fundamental para o sucesso de qualquer negócio. No caso do consumidor 4.0, a tecnologia é vista como a maior aliada na busca de informações para garantir mais ferramentas na decisão de compra. Aqui, falamos sobre um…

Nativos digitais têm forte atuação nas ofertas de imóveis   A Geração Z, como se sabe, é composta por jovens adultos e adolescentes com forte atuação na construção do País. Dentre suas influências diversas, destaca-se a forma como esse grupo se relaciona com o mercado imobiliário e, consequentemente, mobiliza incorporadoras,…

Alexandre Carola, sócio fundador da Next Realty, fala sobre as vantagens de empreendimentos com metragem mais compacta e grande liquidez   Estamos passando por um momento muito interessante no mercado imobiliário, principalmente no que diz respeito a lançamentos. No alto padrão, conceitos alinhados com as demandas contemporâneas têm sido extremamente…

O mercado imobiliário português vem se destacando no cenário mundial diante das diversas vantagens que começou a oferecer nos últimos anos. Há, até mesmo, a possibilidade de obtenção do Golden Visa, visto para residentes investidores de imóveis no país. Além disso, a demanda crescente por acomodações temporárias nas principais cidades…

O gerente de lançamentos da Esquema Imóveis, David Farah, fala sobre a verticalização da capital paulista e a valorização de terrenos   O que determina o valor de uma região? Segundo David Farah, gerente de lançamentos da Esquema Imóveis, isso é resultado do tipo de projeto que pode ser construído…