< Voltar

Como se aproveitar da Selic para fazer bons negócios

Entenda o impacto positivo que a variação da taxa Selic deve provocar no mercado imobiliário em 2024

 

Ficar de olho no cenário econômico é sempre interessante para quem quer fazer bons investimentos. Nesse sentido, o início de um novo ano sempre traz algumas variáveis, sendo a taxa Selic uma das mais influentes na economia brasileira.

“Também conhecida como taxa básica de juros, a Selic é uma taxa média determinada pelo Banco Central”, explica Marco Túlio Vilela Lima, CEO da Esquema Imóveis.

De acordo com Túlio, o governo federal precisa captar dinheiro para financiar o seu déficit orçamentário. Para isso, são emitidos e colocados a mercado títulos públicos. “É como se uma pessoa física ou jurídica ‘emprestasse’ dinheiro para o governo, sendo então remunerada com base na taxa Selic”, observa.

 

Queda na Selic

Em teoria, a Selic é a taxa de juros mais baixa do mercado, já que o “empréstimo” para o governo é um investimento considerado seguro. Afinal, em caso de necessidade, é possível emitir moeda. “Já quando se trata de ações privadas, os juros aplicados tendem a ser maiores, devido ao mais alto risco de inadimplência”, diz Túlio.

No ano passado, a inflação se manteve dentro da meta estipulada pelo Banco Central. Por isso, para 2024, a expectativa do mercado todo é de que as taxas de juros continuem caindo, já que os índices inflacionários têm se mantido estáveis. “Uma vez que a Selic se reduza, existe uma tendência das demais taxas de mercado caírem também”, aponta o CEO.

 

Oportunidades

No contexto específico do mercado imobiliário, uma queda na taxa básica de juros pode trazer benefícios significativos e criar oportunidades promissoras para investidores, construtores e compradores.

“Essa taxa é importante para o mercado imobiliário porque é uma referência para os bancos precificarem os juros. Ela é uma balizadora para a definição das taxas de juros em qualquer transação, por isso impacta tanto o nosso setor”, comenta o CEO da Esquema Imóveis.

Segundo Túlio, a Selic tem grande impacto no que o mercado financeiro chama de funding, que utiliza fundos da caderneta de poupança para financiar imóveis que se encaixam no SFH (Sistema Financeiro de Habitação), com valor até R$ 1,5 milhão. E a taxa não afeta apenas o mercado imobiliário de baixo e médio padrão, mas também o alto padrão.

 

Escolhas de investimento

Como a redução da Selic impacta positivamente todos os nichos do mercado, e o imobiliário não fica fora disso, isso quer dizer que uma taxa de juros muito alta pode provocar alterações nas decisões de compra das pessoas.

“Por exemplo, um fundo de investimento qualquer, um CDB, tende a remunerar muito o poupador. Quando a taxa está mais alta, o poupador que poderia comprar um imóvel acaba pensando: ‘Vou esperar um pouquinho, porque meu dinheiro está rendendo bem agora.’ Então, essas decisões de investimento acabam sendo postergadas”, destaca Túlio.

Com taxas muito elevadas, principalmente em se tratando do mercado residencial, o potencial comprador de um imóvel tende a preferir deixar seu dinheiro aplicado, mesmo na necessidade urgente de mudança de residência, pois sua remuneração em aplicações financeiras acaba compensando.

 

Facilidade de financiamento

Outro perfil impactado são as pessoas que precisam de um financiamento bancário. “A taxa Selic, quando alta, também puxa as outras taxas – inclusive de financiamento imobiliário; que, nesse caso, acaba se tornando menos convidativo para o investidor”, afirma o CEO.
“Por isso, uma redução da taxa de juros realmente fomenta o mercado de compra. Inclusive essa é a minha expectativa pra 2024, em função desse comportamento da Selic”, completa.

Túlio ressalta que a modalidade de financiamento costuma ser bastante utilizada para compra de imóveis, inclusive no segmento de alto padrão. “A decisão de utilizar um financiamento imobiliário pode ocorrer quando o investidor não tem em mãos 100% do dinheiro para a compra.”

“Outra possibilidade é o comprador não querer se descapitalizar. Ele tem o dinheiro, mas em sua visão é mais vantajoso ou rentável manter sua liquidez, como capital de giro em uma empresa ou uma aplicação que ele considera benéfica.”
Ou seja, o financiamento imobiliário atende vários tipos de clientes e o processo decisório é diverso, mas é diretamente impactado pela taxa Selic.

 

Estímulo ao mercado

A variação da taxa Selic pode ser interessante também para quem busca investir na reforma de um imóvel, estimulando assim o mercado. Com a perspectiva de rendimentos mais atrativos em comparação a outras opções de investimento, os investidores podem direcionar seus recursos para projetos imobiliários.

“Uma taxa Selic baixa fomenta a economia, porque ela faz o dinheiro girar”, ressalta Túlio. “Se você tem uma aplicação de 100 mil reais, por exemplo, e a remuneração está muito baixa no banco, você vai querer inventar alguma coisa pra melhorar esse rendimento.”
Nesse contexto, investir em um imóvel de alto padrão para reforma e posterior venda, ou mesmo para obter renda através de locação, pode ser um excelente negócio.

 

Fator positivo

Em resumo, a redução da taxa Selic em 2024 tem se mostrado um fator positivo para o mercado imobiliário e também para os investidores. A redução dos custos de financiamentos e o estímulo ao mercado são aspectos que contribuem para um ambiente favorável ao crescimento e fortalecimento do setor.

“Investir em imóveis está entre os investimentos mais seguros que existem, pois você tem um ativo real como garantia. Você tem tijolo, terra, algo concreto. Então sempre foi considerado um bom negócio. Mas, como qualquer outro investimento, para que ele seja lucrativo é preciso comprar bem, por um valor justo e dentro do mercado”, conclui Túlio.

ARTIGOS
RELACIONADOS

No mercado atual, já é possível realizar negociações totalmente online, mas o item essencial desses processos é a intermediação segura   Comprar uma casa, apartamento ou cobertura sem ao menos conhecê-la fisicamente, utilizando apenas ferramentas digitais, poder parece algo muito distante da realidade do mercado imobiliário brasileiro, mas a venda…

Em São Paulo, o tempo de venda de uma casa ou apartamento de alto padrão varia de acordo com a localização, a precificação correta e o estado de conservação   Quando um proprietário coloca uma casa ou apartamento à venda, uma das primeiras questões diz respeito a quanto tempo esse…

Sentimento de otimismo permeia mercado de luxo Corretoras da capital paulista têm boas expectativas para o segundo semestre, com base em queda da taxa de juros, inflação sob controle e reflexos do novo Plano Diretor Confira a matéria completa.

O empresário português Rafael Ascenso compartilha suas perspectivas sobre a retomada da economia e o futuro do mercado imobiliário no país   Diversos países da Europa, inclusive Portugal, já aplicam medidas para flexibilização do isolamento social e reabertura da economia, devido à redução de números de infectados pelo coronavírus. Para…

Imóveis em locais elevados, com vista aberta ou de frente para parques, têm se tornado uma ótima opção de investimento   Uma vista aberta, fugindo do concreto dos prédios e cercada por muito verde, é o sonho da maioria das pessoas que moram em grandes centros urbanos. Mas você sabia…

A WEHO Residências apresenta um novo modelo de negócio focado no mercado de segundas residências no litoral paulistano   A WEHO traz para o Brasil o conceito de co-propriedade, focado em imóveis para segunda moradia. A proposta ainda é pouco conhecida no nosso país, porém muito utilizada nos Estados Unidos,…

Urbano Santiago e Felipe Dantas, da Seed Incorp, falam sobre o cenário de incorporações para condomínios de casas de alto padrão   O mercado de casas de condomínio sempre teve muita demanda na cidade de São Paulo, já que esse tipo de imóvel tende a aliar o conforto de uma…

O gerente de lançamentos da Esquema Imóveis, David Farah, fala sobre a verticalização da capital paulista e a valorização de terrenos   O que determina o valor de uma região? Segundo David Farah, gerente de lançamentos da Esquema Imóveis, isso é resultado do tipo de projeto que pode ser construído…