< Voltar

Flores na decoração

Comemore o início da primavera com nossas dicas sobre como utilizar arranjos e vasos de flores no design de interiores

 

Cada casa ou apartamento tem suas particularidades e exige um diferente estilo de decoração, mas há um item decorativo que combina com praticamente todos os gostos: flores. Um vaso ou arranjo bem posicionado pode mudar o aspecto de qualquer lugar, já que as plantas, em especial aquelas com floração, são capazes de acrescentar cor e vida a qualquer ambiente.

Este ano, no hemisfério sul, a primavera se inicia no dia 22 de setembro. A data marca o equinócio, ou seja, o momento em que o Equador da Terra atravessa o centro geométrico do sol. Nesse período, a luz solar incide igualmente sobre os dois hemisférios. Como a estação separa o inverno do verão, ela geralmente apresenta temperaturas amenas.

No Brasil, embora a floração das plantas ocorra em diversas épocas, a primavera é conhecida como a estação das flores. Por isso, separamos algumas dicas para quem quer entrar no clima primaveril e preparar sua casa para a chegada de dias mais floridos.

A primeira consideração é o tipo de flor que será escolhido. Flores naturais são maravilhosas, mas requerem manutenção e cuidados constantes, além de eventualmente acabarem murchando. Se a opção for por flores artificiais, é preciso que elas sejam de excelente qualidade, para que realmente possam ser confundidas com plantas de verdade. Vale ressaltar que, mesmo em se tratando de flores artificiais, elas não podem acumular poeira de forma alguma, pois isso fará com que percam seu viço e beleza.

 

A primeira escolha diz respeito a usar flores naturais ou artificiais na decoração

 

No caso de flores naturais, é importante selecionar a espécie correta para cada ambiente. O vaso onde as plantas serão colocadas também merece consideração, já que sua cor, tamanho e formato ajudam a provocar o efeito desejado. É importante também que o vaso seja neutro o suficiente para não tirar o protagonismo da flor, já que ela é o elemento que realmente deve chamar a atenção no conjunto.

A escolha seguinte diz respeito ao local onde a flor será colocada. Os melhores pontos da casa para acrescentar esse elemento decorativo, em geral, são:

Hall de entrada – Não há forma mais agradável de ser recebido, ao entrar na casa de alguém, do que se deparar com um belo vaso de flores.

Mesa de jantar – Essa é a plataforma ideal para seu melhor arranjo de flores. Uma mesa redonda fica perfeita com um único item, ao centro, enquanto mesas retangulares, mais compridas, podem receber múltiplos vasos.

 

Uma mesa retangular pode ser decorada com diversos vasos de flores

 

Mesinha de centro – A sala de estar também é um lugar que costuma ostentar flores, especialmente na mesa de centro. Vale apostar em arranjos grandes, que acrescentem escala e textura ao ambiente, ou que levem cores vivas, preferencialmente contrastando com o restante da decoração.

 

As flores podem acrescentar cor e vida a uma decoração em tons mais neutros

 

Mesa de cabeceira – Posicionado ao lado da cama, um vaso de flores pode trazer uma sensação agradável ao acordar. O quarto é um dos melhores ambientes para esse tipo de item decorativo, porque trata-se de um dos cômodos onde muitas pessoas passam a maior parte de seu tempo, quando estão em casa. Para esse local, vale apostar em arranjos mais discretos e que não ocupem muito espaço.

 

A mesa de cabeceira é um ótimo ponto para um arranjo floral

 

A dica de designers de interiores no que diz respeito a arranjos florais é não exagerar. Uma única planta em um ângulo estratégico pode causar um impacto enorme. Pensar “fora da caixa” na hora de posicionar as flores também pode ser um bom caminho.

Algumas dicas para aproveitar ao máximo as flores como itens decorativos:

  • A flor precisa ser coerente com o estilo do ambiente onde ela está. Isso quer dizer que, para interiores mais tradicionais, arranjos densos combinam melhor; para interiores contemporâneos, vale apostar em arranjos mais delicados e esculturais.
  • Cuidado com móveis e tapetes próximos às flores. Tenha certeza de que o recipiente onde as plantas estão não tem a possibilidade de vazamentos. Flores que perdem pétalas muito rapidamente ou que soltam pólen também podem causar danos em seu entorno.
  • As flores tendem a durar mais em ambientes de temperaturas amenas. Evite posicioná-las diretamente no sol. Outra dica é armazenar as flores em um refrigerador, caso fique longe de casa por longos períodos. Ou opte por plantas artificiais.

 

É importante manter as flores em temperaturas frescas e longe do sol

 

  • Invista em flores da estação, já que elas sempre estarão mais bonitas e viçosas. Se a ideia é criar sua decoração com flores que durem um tempo relativamente maior do que outras, algumas opções são as orquídeas, antúrios, calandivas, lírios, hortênsias e bromélias.
  • Quanto à paleta de cores, contrastes geralmente provocam um efeito mais impactante e trazem vivacidade, enquanto flores de cores suaves e neutras tendem a se misturar de forma harmoniosa ao restante do ambiente. Na dúvida, opte por folhagens, sem muita floração, já que a cor verde sempre cai bem, em qualquer lugar.

 

Flores coloridas podem ajudar a trazer vivacidade para um ambiente

 

ARTIGOS
RELACIONADOS

Conversamos com Luiz Alexandre Souza Ventura, do Blog Vencer Limites, sobre a importância de uma arquitetura acessível   A diversidade e a inclusão têm se tornado temas cada vez mais recorrentes. Por isso, refletir sobre a acessibilidade na arquitetura e no urbanismo não é apenas uma exigência das legislações, para…

Atualmente, a atemporalidade, a sustentabilidade e o foco no bem-estar e na exclusividade estão em alta Tendências vêm e vão, mas o momento atual do luxo no mundo da arquitetura e do design de interiores destaca a importância da atemporalidade na sustentabilidade, no conforto, no bem-estar e na individualidade. Quando…

Na arquitetura, a busca por otimização e fruição dos espaços tem levado, cada vez mais, ao aproveitamento dos telhados ou rooftops   A arquitetura está sempre buscando novas formas de utilizar e reinventar os espaços. Principalmente nas grandes cidades, essa busca pelo melhor aproveitamento dos ambientes se reflete em soluções…

Um dos arquitetos mais reconhecidos internacionalmente, pertencente à geração modernista, assumiu nas últimas décadas uma posição de destaque na arquitetura contemporânea   Paulo Mendes da Rocha, junto com João Batista Vilanova Artigas, encabeçou a chamada Escola Paulista da arquitetura brasileira. Ambos elevaram a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade…

Confira algumas dicas para fazer com que os espaços verdes em edifícios transmitam uma sensação de bem-estar e conexão com a natureza   Criar ambientes agradáveis e ao mesmo tempo sustentáveis é um dos maiores desafios do paisagismo contemporâneo. Especialmente no caso de edifícios residenciais, os projetos de áreas verdes…

Jardins verticais, que já se tornaram uma tendência em apartamentos e casas, são bonitos e ocupam pouco espaço   É difícil encontrar alguém que não goste de plantas. Um bom paisagismo ajuda a tornar os ambientes (sejam eles internos ou externos) muito mais agradáveis, aproximando as pessoas da natureza. Nas…

Reforma de imóveis usados surge como tendência do design e da arquitetura   No mercado imobiliário, é comum que imóveis precisando de reforma fiquem parados durante muito tempo, em busca de compradores. A dificuldade em vender casas e apartamentos usados pode gerar prejuízos enormes para os proprietários. Além disso, para…

Celebrando o mês das mães, trazemos uma seleção especial de quartos divertidos e inspiradores para as crianças   Criar um espaço para seu filho brincar e descansar pode ser uma experiência muito mais divertida do que parece. O desafio está em planejar o quarto infantil para que ele seja ao…