< Voltar

Neuroarquitetura: A ciência de projetar ambientes que proporcionam o bem-estar

A neuroarquitetura é definida pela relação entre a neurociência e a arquitetura. Essa área tem como principal objetivo impactar de forma positiva o dia a dia das pessoas, já que diversos estudos comprovam que os espaços físicos impactam o cérebro e, consequentemente, o comportamento humano.

De acordo com a Academia de Neurociência para Arquitetura, estudos sobre o sistema nervoso podes representar a maior contribuição para o campo da construção desde os estudos de física do século XIX, que estabeleceram novos métodos estruturais, acústicos e de iluminação. Entre os principais fatores que devem ser analisados na projeção dos ambientes estão: luminosidade, ventilação, acústica, cores, design, temperatura e texturas.

 

A combinação e o estudo desses elementos podem proporcionar bem-estar e aumentar o índice de produtividade, conforto e felicidade para os que se encontram em determinado ambiente – principalmente quando se trata do meio profissional.

Uma decoração com quadros motivacionais ou a inclusão de natureza, por meio de plantas, também estimulam o relaxamento e o foco durante as atividades cotidianas. Esse é um dos motivos pelos quais neuroarquitetura é muito utilizada em ambientes de trabalho, assim como escolas e hospitais.

 

A neuroarquitetura em ambientes corporativos

 

Aplicar a neuroarquitetura em edifícios empresariais, por exemplo, torna-se uma ferramenta fundamental na transformação comportamental dos funcionários. Para que isso seja feito de modo eficaz, no entanto, os arquitetos devem utilizar técnicas e materiais que contribuam para o bem-estar dos profissionais, mesmo que esses detalhes sejam imperceptíveis para o cérebro.

Atualmente, há muitas empresas que se concentram nessa prática, incluindo a neuroarquitetura em seus projetos. Espaços de coworking, por exemplo, têm crescido no Brasil e ganhado destaque pela inovação, além de estimular a criatividade dos profissionais e criar um ambiente agradável e inspirador, com infraestrutura completa.

Desse modo, os projetos devem considerar a funcionalidade, a estética e os impactos gerados no inconsciente. Além disso, os ambientes de trabalho devem possuir espaços humanizados, que atendam às necessidades físicas e psicológicas de seus usuários. Essa questão influencia diretamente na motivação e na produtividade dos funcionários, melhorando também a qualidade de vida.

 

ARTIGOS
RELACIONADOS

A arquitetura sustentável é o futuro da moradia, mas o que fazer para tornar sua casa mais eco-friendly?   Em tempos de crise climática, a busca por soluções sustentáveis não é apenas uma tendência, mas uma necessidade. Quando se trata de sustentabilidade, a arquitetura e o design de interiores já…

O arquiteto, grande admirador do modernismo brasileiro, traz em seus projetos forte relação entre espaços internos e externo, conforto climático e aplicação de elementos tradicionais da arquitetura brasileira. Marcio Kogan traz o amor por prédios e pela arquitetura de família, é filho do engenheiro Aron Kogan, conhecido por projetar e…

Seja para fazer um upgrade no seu atual closet ou para projetar um novo espaço, selecionamos algumas ideias para inspirar mudanças   Remodelar a área do closet, para ganhar mais espaço de armazenamento ou simplesmente torná-lo mais bonito, é uma tarefa que requer alguma inspiração – e, se possível, um…

Como elemento funcional ou decorativo, o tijolinho é uma tendência que está sempre em alta na arquitetura   O tijolo é um material que não parece sair de voga nunca. Na arquitetura contemporânea, tem lugar cativo em projetos que buscam personalidade, com um aconchego rústico, mas ao mesmo tempo sofisticado….

Populares em filmes hollywoodianos, as casas na árvore são boas opções para quem busca proximidade com a natureza   Sonhos de infância de muitas pessoas, as casas na árvore — para hospedagem ou visitação — têm se tornado cada vez mais diversificadas, sempre oferecendo vistas privilegiadas e um contato direto…

Conheça os benefícios de incorporar em sua casa elementos que permitam a entrada de luz natural   A maioria das pessoas passa cerca de 85% de seus dias em ambientes internos (casa, escritório, escola, lojas, restaurantes). Quais são os efeitos disso na saúde humana? A baixa exposição à luz solar…

Comemore o início da primavera com nossas dicas sobre como utilizar arranjos e vasos de flores no design de interiores   Cada casa ou apartamento tem suas particularidades e exige um diferente estilo de decoração, mas há um item decorativo que combina com praticamente todos os gostos: flores. Um vaso…

Carol Maia, cofundadora da Jam Houses, fala sobre o conceito de renovar imóveis, dando a eles características autorais    Em grandes cidades, como São Paulo, tem se tornado cada vez mais difícil encontrar terrenos para construir novos imóveis ou empreendimentos, principalmente nas regiões mais cobiçadas. Por isso, empresas como a…